Pare de usar o ChatGPT: Porque Mudei para o Bard da Google

Pare de usar o ChatGPT: Porque Mudei para o Bard da Google

Atualizado a: 9 de Fevereiro, 2024

O ChatGPT e o Bard são dois dos maiores modelos de linguagem do mundo, ambos foram treinados num enorme conjunto de dados de texto e código. 

Eles são capazes de gerar texto, traduzir idiomas, escrever diferentes tipos de conteúdo criativo e responder às suas perguntas de forma informativa.

No entanto, há algumas diferenças importantes entre os dois modelos. Neste artigo, vou explicar por que mudei do ChatGPT para o Bard e porque é que o leitor também deve considerar fazê-lo.

Vantagens do Bard

O Bard tem várias vantagens sobre o ChatGPT, incluindo:

  • Precisão: O Bard é mais preciso na geração de texto, tradução de idiomas e resposta a perguntas.
  • Relevância: O Bard é melhor a gerar texto que é relevante para o contexto da conversa.
  • Criatividade: O Bard é mais criativo na geração de conteúdo criativo, como poemas, histórias e roteiros.
  • Acessibilidade: O Bard é mais acessível, pois está disponível gratuitamente para qualquer pessoa.
  • Formatação de Artigos: O Bard permite exportar diretamente para o seu parceiro da Google, o Docs.

Precisão

O ChatGPT é um modelo de linguagem poderoso, mas às vezes pode cometer erros. Por exemplo, pode gerar texto que é gramaticalmente incorreto ou que não faz sentido.

O Bard é mais preciso que o ChatGPT. É treinado num conjunto de dados de texto e código muito maior, o que lhe dá uma melhor compreensão do mundo. Como resultado, ele é menos propenso a cometer erros.

Relevância

O ChatGPT é bom a gerar texto, mas às vezes pode ser irrelevante para o contexto da conversa. 

Por exemplo, se perguntar ao ChatGPT “Qual é a capital da França?”, ele pode responder “Paris”. Mas se perguntar “Qual é a capital da França em 2023?”, o ChatGPT pode responder “Paris”, mesmo que a capital da França tenha mudado desde então.

E recentemente, apesar de ter pedido ao ChagtGPT para me escrever artigos com mais de 500 palavras, é como se este interpretasse a instrução “ao contrário” gerando-me artigos com menos de 500 palavras. 

Como se estivesse a “limitar” as palavras, para nos “obrigar” a aderir à versão paga. Isto por si só, foi a minha gota de água para mudar de vez para o Bard. 

Confesso que estava um pouco renitente de início porque os primeiros textos que pedi ao Bard não sairam grande coisa, mas os mais atuais que pedi foram simplesmente brutais. 

Enquanto o ChatGPT parece “regredir” (pelo menos na sua versão gratuita), o Bard parece avançar a uma velocidade vertiginosa. Estou maravilhado com o Bard neste momento.

O Bard é melhor a gerar texto que é relevante para o contexto da conversa. Ele usa o seu conhecimento do mundo para entender o que lhe está a perguntar e para gerar uma resposta que seja relevante para a pergunta.

Criatividade

O ChatGPT é bom a gerar conteúdo criativo, mas às vezes pode ser um pouco repetitivo. 

Por exemplo, se pedir ao ChatGPT para escrever uma história sobre um cão, ele pode gerar uma história que é muito parecida com outra história que já tenha escrito.

O Bard é mais criativo que o ChatGPT. Ele é capaz de gerar conteúdo criativo que é original e interessante.

Acessibilidade

O ChatGPT é um modelo de linguagem proprietário, o que significa que só poderá usá-lo com todas as funcionalidades e no seu modelo de linguagem mais capaz se pagar uma assinatura.

O Bard é um modelo de linguagem aberto, o que significa que está disponível gratuitamente para qualquer pessoa na sua versão mais capaz. 

Isso torna-o uma opção mais acessível para pessoas que estão à procura de um modelo de linguagem poderoso e preciso.

Formatação de Artigos

No que toca a formatar artigos ambos os modelos o fazem, o problema surge na altura de os exportar para um editor de texto. 

Se já experimentou o botão copiar do ChatGPT e tentou colar num documento do Google Docs, já experimentou certamente a formatação horrorosa e nada a ver. 

Se fez copy/paste direto pelos atalhos do seu teclado, para um documento de Google Docs, também deve ter tido uma experiência engraçada de formatação. 

Já o Bard, por pertencer ao Google, tem um botãozinho de “Partilhar” no final dos artigos gerados que nos permite exportar diretamente para um documento do Docs. 

Outra das Grandes Vantagens do Bard é Poder Exportar o Artigo Formatado Diretamente para Um Documento do Google Docs
Outra das Grandes Vantagens do Bard é Poder Exportar o Artigo Formatado Diretamente para Um Documento do Google Docs

E tal não foi o meu espanto quando a formatação saiu perfeita. Isto poupa tempo amigos. 

E tempo, é coisa que nós, empreendedores, criadores de conteúdo, escritores, copywriters, ou o que quer que nos auto-intitulemos nestas coisas da internet, valorizamos.

Portanto, Bard em 2024 conta comigo como teu parceiro fiel.

Conclusão

O ChatGPT é um modelo de linguagem poderoso, mas o Bard oferece várias vantagens importantes. Se está à procura de um modelo de linguagem que seja preciso, relevante, criativo e acessível, o Bard é a melhor opção.

Espero que este artigo tenha sido útil!

*(Alguns artigos podem ter sido escritos ou estruturados com Inteligência Artificial, mas foram todos revistos, melhorados e reescritos por um Humano.)

**(Pode Conter Links de Afiliado. Significa que posso ganhar uma comissão cada vez que clicar num dos links externos, mas não se preocupe. Não tem qualquer custo adicional para si, pelo contrário, por vezes pode até ter benefícios e descontos extra. E estará a ajudar à manutenção do blog. Para uma informação mais detalhada consulte a minha Declaração de Afiliado)

Este Artigo Foi Útil?

Obrigado pelo seu feedback!

Receba o Guia dos 10 MELHORES E MAIS RENTÁVEIS MODELOS DE NEGÓCIO ONLINE

Junte-se à minha Lista e receba o guia dos 10 MELHORES E MAIS RENTÁVEIS MODELOS DE NEGÓCIO ONLINE entre outras novidades futuras.

Não envio spam! Leia a minha política de privacidade para mais informações.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2023 - 2024© (Copyright) L. R. Neves | Todos os Direitos Reservados. Eu mesmo Desenvolvi e Implementei todo o Site e sou o Principal Escritor de Todos os Artigos.