O que Precisa Saber antes de Começar a Investir nos Mercados Financeiros Psicologia do Trader/Investidor

O que Precisa Saber antes de Começar a Investir nos Mercados Financeiros – A Psicologia do Trader/Investidor

Isto de Investir nos Mercados Financeiros pode parecer difícil a princípio. Principalmente se não tiver muitos conhecimentos de informática, pelo menos na ótica do Utilizador.

Então, desde já, começo por lhe dizer que, longe vão os tempos em que, para investirmos tinhamos de ir a um banco ou falar com um profissional que alocasse corretamente o nosso dinheiro.

Atualmente, com apenas um smartphone e uma ligação à internet, consegue meter o seu dinheiro a render.

Meter o Dinheiro a Render. Sim é este o Conceito. Não pense o Contrário.

Se alguém lhe disse que enriqueceu do dia para a noite a fazer trading ou que “pode ficar rico” em apenas alguns meses com o Trading. Ou que pode tirar um ordenado mensal garantido. Essa pessoa é provavelmente um burlão que vive (e enriqueceu) não do trading, mas sim a burlar e a enganar pessoas comuns que querem aprender como sair desta mediocridade financeira a que a sociedade nos confina apenas para que alguns possam ter…mais dinheiro.

Se pretende uma renda mensal fixa, estabilidade para pagar as contas, ou rendimentos com pouco risco, a melhor solução que vai encontrar infelizmente é, a trabalhar por conta de outrem.

Se pretende sair da mediocridade, saiba desde já que, no curto prazo, não é possível. Venha quem vier. Acredite. Já ando nisto há tempo suficiente e não tenho medo de pseudo-trader nenhum que venha dizer o contrário.

Para os que ganham milhares por dia, só tenho uma pergunta, qual a sua banca atual? Mas vamos falar de percentagens? É que se você tiver uma banca de 100.000 euros e ganhar 20% ao ano, são 20.000 euros/ano. Dividido por 12 meses, já dá uma quantia aceitável não é? Pois, mas não é bem assim.

Vai haver meses em que o mercado não lhe vai dar dinheiro nenhum, ou mesmo até vai tirar-lhe um bocadinho ao que tem. E nem estamos a falar de crises, onde o mercado pode vir a cair mais de 20% num único mês, como há bem pouco tempo aconteceu devido ao Covid.

Agora imagine que tem apenas uma banca de 100 € e tira 50% ao ano (melhor ainda que os traders profissionais hein? Granda máquina). Pois. Refletido à sua banca, isso traduzir-se-á em apenas 50 €. Ou seja, você nem vai “ver” o lucro, vai sentir que “o trading não dá nada” e que é melhor mas é dedicar-se ao Placard ou às raspadinhas. Pois.

Resumindo, são as expectativas erradas que nos trazem para o trading. As mesmas expetativas erradas que depois nos afastam do trading.

Quais são? A expectativa de ganhar muito dinheiro em pouco tempo. Essa expetativa acaba depois a afastar-nos do trading. Porquê? A falta de capital. Pura e simples. Se não temos muito, não vamos ganhar muito.

Portanto o trading é sempre um jogo de longo prazo e nunca de curto prazo. Quer ganhar muito? Tem de ter muito para investir. Senão em vez de milhares por dia, irá ganhar cêntimos e, acredite. É para duros e não para desistentes.

É como já lhe disse, se quer dinheiro rápido, experimente a raspadinha, o placard ou mesmo o Euromilhões, quem sabe. Mas também presumo que ja tenha ouvido aquela estória que diz que é mais provável sermos atingidos por um raio (num dia de Sol), do que ganhar o Euromilhões. Mas pronto, cada um com a sua sorte.

Da minha parte, sorte, infelizmente é coisa que não tenho com muita frequência, portanto confesso que, raramente (ou quase nunca) jogo no Euromilhões. O mesmo para raspadinhas ou placards, betclics e afins.

Portanto a nível de psicologia, o que precisa de saber antes de começar a investir

Não alimentar expetativas de rendimentos no curto prazo.

Pense nos seus ganhos e perdas em termos de percentagem face ao capital investido por trade. Se investe 50 euros, não pode esperar ganhar 10.000, mas sim, num bom movimento, talvez 10 a 20 euros, ou quem sabe até dobrar o investimento.

Estamos a falar em lucros na ordem dos 20 a 30% numa posição. Ou seja, se tivesse aberto uma posição de 50.000 euros, aí talvez fosse então buscar os tais 10 ou até 20.000 euros, que representam o quê? Precisamente, 10 a 20% do valor inicial investido (50.000) e não de apenas 50 €. O valor a ganhar é então proporcional ao valor investido. Investimos mais, ganhamos mais. Investimos menos, ganhamos menos, mas sempre proporcional em termos de percentagem. Portanto oriente-se sempre por percentagem e não pelo Lamborghini que o outro Trader tem e que você (ainda) não tem.

E mais uma vez, uma posição aberta a render dinheiro geralmente fica aberta durante muito tempo. Pode chegar a ter de ficar aberta durante um mês inteiro, portanto esqueça a ideia de Day Trading. Isso não existe.

E sobretudo não se esqueça dos meus conselhos nos artigos anteriores pela mão do mestre Bruce (Be water my friend. Be water).

Grato por estar aí.

L. R. Neves.

 

 

 

 

Posted in Trading em Mercados Financeiros and tagged , , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.