Como Criar um Produto Digital

Como Criar um Produto Digital

Atualizado a: 9 de Fevereiro, 2024

Quem anda nestas andanças da internet em busca do seu lugar ao Sol, já deve ter percebido que existem duas maneiras principais de ganhar dinheiro na internet. 

A primeira é através do fornecimento de serviços, como web design ou copywriting, e a segunda é através da venda de produtos digitais, também chamados de infoprodutos. 

Neste artigo vamos desvendar como pode criar o seu próprio produto digital para poder obter rendimento extra como empreendedor online.

O Modelo de Negócio Online Preferido da Maioria

Muitos empreendedores optam pelo primeiro modelo, o de fornecimento de serviços, porque acaba por ser onde se sentem mais confortáveis, uma vez que estão a trabalhar para esta ou aquela empresa e acabam sempre por ter uma espécie de rendimento garantido. 

Parabéns, deixou o seu emprego das 9h às 17h para conseguir finalmente o seu emprego disfarçado de negócio por conta própria. Também às vezes chamado de freelancing.

Mas tem noção que ficou sem patrão, ou chefes ou supervisores, para conseguir uma entidade bem mais difícil de gerir, os clientes?

E tem noção também que trocou o seu horário fixo por uma dor de cabeça com prazos, deadlines, reuniões intermináveis e dificuldades de comunicação?

Pois. Ninguém disse que era fácil. Apesar de ser mais “fácil”, ou seja, na realidade não é mais fácil, é sim, talvez mais rápido, começar a ganhar dinheiro online através do fornecimento de serviços digitais. 

Quando as pessoas falam no “fácil” elas na verdade querem dizer “mais rápido”. Porque em termos de trabalho e dores de cabeça, pode crer que terá muito mais, utilizando o modelo do fornecimento de serviços. 

O Segundo Modelo de Negócio Online: A Venda de Produtos Digitais (Infoprodutos)

Vender produtos digitais é a verdadeira aventura de empreendedorismo online

Aqui estará responsável, não só pela criação de produtos de grande qualidade, como também pelo marketing e distribuição dos mesmos. 

A diferença entre a venda de produtos digitais e o freelancing ou prestação de serviços, é que neste modelo de negócio apenas terá retorno se conseguir vender os seus produtos, enquanto no modelo de freelancing já terá uma espécie de contrato pré-estabelecido para o serviço que irá desenvolver. 

É por isso que o primeiro modelo é o preferido da maioria, pois diminui o risco de não retorno do investimento, ainda que esse investimento na maior parte das vezes, seja tempo. 

O Modelo Mais Rentável no Longo Prazo

Quem já faz freelance há algum tempo, já se deve ter apercebido das dificuldades em escalar o negócio. Ou seja, somos apenas um e os clientes não param de aparecer e nós podemos apenas aceitar os trabalhos que temos a certeza de conseguir concluir a tempo. 

Posto isto, chegamos a um ponto em que já não conseguimos aceitar mais trabalhos, pelo bem da nossa saúde mental e do nosso descanso. Afinal trabalhar e viver de rendimentos online é sobre alcançar a tripla liberdade. 

E com o freelancing ou mesmo que tenhamos uma empresa de fornecimento de serviços, vai dar ao mesmo (efetuar trabalhos, ou serviços, para clientes particulares ou empresas obtendo um pagamento em retorno), apesar de conseguirmos obter liberdade geográfica, e financeira, eventualmente ver-nos-emos privados da liberdade temporal, porque temos trabalhos sem fim a chegar e que temos de aceitar se quisermos continuar a ver o dinheiro a entrar e teremos de lidar com uma coisa que todos detestamos com certeza. Prazos. 

E a um nível posterior iremos também aperceber-nos que a liberdade financeira que atingimos é apenas tão boa quanto o número de trabalhos que conseguimos aceitar e por quanto conseguimos cobrar sem sermos destruídos pela concorrência. 

Mas então, Como Conseguimos a Liberdade Temporal? E Como Aumentar os Rendimentos de Forma a Conseguir Verdadeira Liberdade Financeira?

É aqui que percebemos que temos de arranjar maneira de “ganhar dinheiro a dormir”, conforme diz Warren Buffett. Rendimento passivo é o nome.

E isso só vamos conseguir através da venda de produtos digitais.

Assim sendo: O Modelo de Negócio Vencedor no Longo Prazo é a Venda de Produtos Digitais (Infoprodutos). 

Porque com a venda de produtos digitais, nós podemos vender o mesmo produto aos biliões de pessoas que utilizam a internet todos os dias, não estando limitados a um cliente nem aos seus prazos. Que tal isso para conseguir as Liberdades Temporal e Financeira?

Só temos de criar o produto, promovê-lo e, se tudo correr bem, os clientes começarem a comprar. 

Este modelo de negócio é, no entanto mais arriscado e demorado. É mais uma aposta de longo prazo, porque podemos não conseguir os clientes, e se, por norma não tivermos dinheiro para investir em promoções pagas, poderemos ter de esperar bastante tempo até conseguirmos ver retornos. 

E é por isso que a maioria prefere fornecer serviços, por haver um retorno contratualizado por parte do cliente que nos solicita o serviço. Que geralmente recebemos no fim e muitas vezes até recebemos uma quantia para começar logo a trabalhar.

Em que Consiste Então Um Produto Digital?

Um produto digital, por norma consiste em pegar numa habilidade que tenha, seja em que área for, se é mestre de Ioga, ou desenvolvedor web, ou líder espiritual, coach, qualquer coisa vale, e transformar num produto, seja ele, um curso, um ebook, ou audiobook. 

Que Tipos de Produtos Digitais Existem?

  • Cursos: Cursos são um dos produtos digitais mais requisitados por quem procura especializar-se numa determinada área.
  • Ebooks: Ebooks, geralmente no formato PDF, ou EPUB (formato utilizado pela Amazon Kindle) são também muito procurados e por quem não tem tempo ou disponibilidade de adquirir ou inscrever-se num curso. São também mais baratos que a maioria dos cursos, e por isso mais atrativos a quem se está a iniciar numa determinada matéria. Ou até por quem prefira ler em vez de assistir a aulas inteiras.
  • Audiobooks: São livros, mas em formato de audio, lidos para nós, portanto. Perfeitos para quando vamos em viagem e não queremos cansar a vista com leitura, ou até se formos a conduzir e quisermos tornar a condução o mais produtiva possível, audiobooks tendem a ser mais procurados por esse público-alvo específico.
  • Produtos de Subscrição: Imagine um site, não com um curso, ou ebook, mas com vários e, em vez de vender cada um individualmente, fornece todos a troco de uma subscrição mensal à sua área reservada que vai atualizando conforme o tempo para manter os seus subscritores interessados. É disto que se trata e é um dos melhores modelos de produto digital. Pense nisso.

Como Criar um Produto Digital: Guia Completo

Passo 1: Escolha o Tema

O primeiro passo é escolher o tema do seu produto digital. É importante escolher um tema sobre o qual tenha conhecimento e paixão. Isso vai ajudá-lo a criar um produto de qualidade e que realmente ajude as pessoas.

Para escolher o tema, faça uma lista das suas áreas de interesse e habilidades. Pense em problemas que pode resolver com o seu produto digital. Também é importante pesquisar o mercado para ver se existe procura para o seu tema.

Passo 2: Defina o Público-alvo

Depois de escolher o tema, é hora de definir o público-alvo do seu produto digital. Quem são as pessoas que quer alcançar com o seu produto? Quais são as suas necessidades e desejos?

Para definir o público-alvo, faça uma persona. A persona é um personagem semifictício que representa o seu cliente ideal. Ela deve ter um nome, idade, localização, profissão, interesses, objetivos, desafios e frustrações.

Passo 3: Crie um Produto Mínimo Viável (MVP)

O MVP é uma versão inicial do seu produto digital que é lançada para teste. Este permitir-lhe-á colectar o feedback dos utilizadores e fazer melhorias antes de lançar o produto completo.

Para criar um MVP, comece com o conteúdo essencial do seu produto. Não se preocupe em adicionar todos os recursos e funcionalidades que planeou. O objetivo é criar um produto que funcione e que as pessoas gostem.

Passo 4: Crie o Conteúdo

O conteúdo é o coração do seu produto digital. Este deve ser informativo, relevante e de alta qualidade.

Para criar conteúdo de qualidade, faça uma pesquisa aprofundada sobre o seu tema. Utilize fontes confiáveis e garanta que as informações estejam atualizadas.

Também é importante utilizar uma linguagem clara e concisa. Evite jargões e termos técnicos que o seu público-alvo não entenda.

Passo 5: Escolha o Formato

Conforme já referido acima, os tipos de produto digital mais populares e utilizados são: Cursos, Ebooks, Audiobooks e Planos de Subscrição.

O formato do seu produto digital vai depender do tema, do público-alvo e do seu objetivo.

Passo 6: Divulgue o Seu Produto

Depois de criar o seu produto digital, é hora de divulgá-lo. Existem diversas estratégias de marketing que poderá utilizar, como:

Passo 7: Venda o Seu Produto

Finalmente, é hora de vender o seu produto. Existem diversas plataformas que poderá utilizar para vender produtos digitais, como a Hotmart, a Eduzz e a Monetizze.

Para vender o seu produto, crie uma página de vendas que seja clara, concisa e convincente. Ela deve destacar os benefícios do seu produto e convencer os visitantes a comprar. Se quiser, em vez de uma simples página de vendas, pode mesmo criar um site completo, ou até a sua própria loja online para poder vender e controlar as vendas do produto você mesmo, sem intermediários, nem taxas retiradas ao lucro do seu produto.

*(Alguns artigos podem ter sido escritos ou estruturados com Inteligência Artificial, mas foram todos revistos, melhorados e reescritos por um Humano.)

**(Pode Conter Links de Afiliado. Significa que posso ganhar uma comissão cada vez que clicar num dos links externos, mas não se preocupe. Não tem qualquer custo adicional para si, pelo contrário, por vezes pode até ter benefícios e descontos extra. E estará a ajudar à manutenção do blog. Para uma informação mais detalhada consulte a minha Declaração de Afiliado)

Este Artigo Foi Útil?

Obrigado pelo seu feedback!

Receba o Guia dos 10 MELHORES E MAIS RENTÁVEIS MODELOS DE NEGÓCIO ONLINE

Junte-se à minha Lista e receba o guia dos 10 MELHORES E MAIS RENTÁVEIS MODELOS DE NEGÓCIO ONLINE entre outras novidades futuras.

Não envio spam! Leia a minha política de privacidade para mais informações.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2023 - 2024© (Copyright) L. R. Neves | Todos os Direitos Reservados. Eu mesmo Desenvolvi e Implementei todo o Site e sou o Principal Escritor de Todos os Artigos.